Insper Abre Inscrições Para Cursos Intensivos De Verão Da Educação Executiva

Facebook: Como Localizar Se Cambridge Analytica Teve Acesso Aos Seus Fatos

Ultimamente, tem muita gente envolvida com o empreendedorismo apregoando o término do plano de negócios e assumindo a modelagem de negócios no tipo Canvas como o novo padrão para o empreendedor averiguar ideias e colocá-las em prática. Na realidade, há uma confusão considerável ao se tentar comparar as duas técnicas, em razão de são complementares. Ao notar o que cada técnica garante ao empreendedor, talvez fique menos difícil aprender o porquê da confusão. O padrão de negócio é a definição de que forma tua corporação dá certo e cria valor. O desenvolvimento de um plano de negócios estruturado ajuda a alinhavar e a apreender em fatos o modelo de negócio de uma empresa.

Advertisement

Pra se concluir um plano de negócios, o empreendedor poderá levar semanas ou até meses. Entretanto, no momento em que concluído, o resultado nem sempre é considerado uma fotografia real do que é ou será o negócio. A socorro principal do plano de negócios é possibilitar um norte ao empreendedor e com isso fazer com que a gestão de tua empresa tenha métricas pra ver de perto adequadamente seu crescimento. O plano de negócios se justifica em casos onde o empreendedor tem um propósito claro a atingir.

Mais há pouco tempo, afim de focar em qualquer coisa mais prático e ligeiro, conceitos como padrão de negócio Canvas e Lean startup (empresa newbie enxuta) têm se popularizado, principalmente no mercado de tecnologia da detalhes, internet e áreas correlatas. O Lean startup foca pela prototipação e experimentação e propõe uma abordagem prática e rápida pra testar um conceito, um objeto/serviço, verificar os resultados, fazer as devidas melhorias ou adaptações e lançar nova versão no mercado.

Advertisement

O especialista americano Steve Blank vem sendo um defensor e evangelizador nesse conceito. Seu mantra resume-se em não doar tanta atenção à análise de mercado, projeções financeiras e de crescimento. Ao oposto, ele sugere que o empreendedor deva “sair do prédio”, ou melhor, que o empreendedor vá para a estrada notar pela prática a reação do cliente em conexão ao seu serviço ou produto.

  • 2 Para organizar os dados
  • Monitore o seu concorrente zoom_out_map
  • Em quais redes sociais você mais utiliza para ver de perto a Nerdstore
  • 6 informações fundamentais de que forma organizar a divisão financeira de uma empresa
  • Gestão de Vendas e Marketing
  • RESULTADOS E DISCUSSÃO
  • Valor do pacote voando sábado (2 diárias): R$ 757
  • Índice em Miniatura

Com apoio no feedback do freguês, novos ciclos de prototipação podem ser iniciados até que se chegue a um artefato considerado adequado pelo empreendedor, ou seja, pelo seu cliente. Na verdade, essa abordagem bem como é sugerida no momento em que se discute o plano de negócios usual. O empreendedor entenderá melhor o seu mercado caso consiga fazer um teste real próximo ao comprador.

Advertisement

Porém, isso não é possível para todo tipo de negócio. O conceito de Lean startup não é novo, mas ficou ainda mais popular no universo das startups através da disseminação de outro conceito recente: o padrão de negócio Canvas. Cinco Novas Oportunidades De Negócios Pra você Vencer A Decadência do paradigma de negócio Canvas casa como uma luva com o de Lean startup, uma vez que mostra uma representação esquemática visual, em blocos, que resume os principais componentes do padrão de negócio de uma empresa. Como é qualquer coisa prático de se fazer, o empreendedor consegue montar um padrão de negócio com esse esquema numa única folha de papel.

Aí ele pode testar o conceito, Salas Temáticas Aproximam Suposição De Prática Nos Negócios da equipe, com compradores etc. e começa, logo, a evoluir o modelo de negócio, com recentes versões do Canvas. Essa foi a ideia de Steve Blank ao colaborar pra disseminar o modelo de negócio Canvas como uma ferramenta pra aceleração de startups. Profissionais Ensinam Como Usar A Tecnologia A Teu Favor foi desenvolvido e oferecido originalmente por Alexander Osterwalder e Yves Pigneur.

Advertisement

A tese que defende Steve Blank é de que uma startup está em procura de um padrão de negócio sustentável e replicável e, desta forma, deve fazer protótipos, testar hipóteses, “oferecer a cara pra bater” pra, pois, começar a amadurecer. Neste instante corporações maiores buscam executar modelos de negócios comprovados. Assim, ele sugere que nos casos das corporações iniciantes não se dê tanta atenção ao plano de negócios e priorize o Canvas.

Na realidade, o Canvas pode ajudar muito o empreendedor pela fase de análise da chance. Uma técnica não substitui a outra e ambas conseguem ser utilizadas a cada negócio. Negócios que demandam alto investimento inicial, naturalmente precisarão de um plano de negócios mais estruturado, com percepção dos recursos que serão alocados pela corporação.

Share This Story

Get our newsletter